As grandes grifes do cinema: assista e compre!Lifestyle

As grandes grifes conseguem utilizar os filmes mais populares como um verdadeiros comerciais para promover os seus produtos.

A Qwintry Find escolheu os exemplos mais exitosos de combinação entre cinema e moda. Os filmes a seguir vão lhe ajudar a passar uma noite agradável, além de escolher belos vestidos, jóias e outros acessórios. Nós lhe ajudamos a resolver alguns obstáculos, como comprar em lojas de grife que não aceitam cartões brasileiros ou não realizam frete diretamente para o Brasil.

Bonequinha de Luxo (Breakfast at Tiffany's)

O exemplo mais conhecido de promoção de produtos no cinema é o filme "Bonequinha de Luxo" (Breakfast at Tiffany's). Baseado no livro de Truman Capote, a obra se tornou um clássico dos romances. A grife de joias “Tiffany”, por sua vez, consolidou-se não apenas com um exitoso comercial de “longa metragem”, mas também com uma história de amor que ficou associada para sempre aos seus produtos.

Ralph Lauren

As fantasias para a gravação de “O Grande Gatsby” foram criadas por Ralph Lauren em 1974. Na estreia da versão recente (2013), interpretada por Leonardo Di Caprio, a grife lançou uma coleção no estilo da Era do Jazz e do cinema mudo, abocanhando um pouco do sucesso da Prada. A atenção à marca cresceu consideravelmente, puxando as vendas consigo.

Ray-Ban

O ano marcante para essa fabricante de óculos foi 1983, quando estreiou o filme "Negócio Arriscado" (Risky Business), com Tom Cruise. Um dos principais adornos de luxo do personagem principal é o óculos solar Wafyfarer. Após o lançamento, as receitas anuais das vendas desses óculos subiram de 18 para 720 mil dólares!

Givenchy

A estrela de “Bonequinha de Luxo” (Breakfast at Tiffany's), Audrey Hepburn, tornou-se a musa de Hubert de Givenchy após utilizar os vestidos da grife em diversos filmes, como "Sabrina", "Cinderela em Paris" e "Como Roubar um Milhão de Dólares". A frágil Audrey mostrou-se uma verdadeira estatueta, com seus refinados e exuberantes adornos, o que contribuiu para a Givenchy se consolidar no mundo da moda de alto padrão.

Armani

A Armani era uma marca de popularidade relativamente mediana – até aparecer no filme "Uma Linda Mulher", com Richard Gere e Julia Roberts. Após Gere, interpretando o papel de magnata do mundo financeiro, apresentar a elegância dos ternos Armani, os negócios da empresa cresceram vertiginosamente. A marca se tornou uma “amiga íntima” do cinema – seus estilistas elaboraram as vestimentas masculinas para mais de 300 filmes, dentre os quais "Onze Homens e um Segredo " e "O Lobo de Wall Street".

Manolo Blahnik

Os sapatos da grife espanhola se tornaram um verdadeiro objeto de desejo com o seriado “Sex and the City”. Carrie Bradshaw ficou obcecada com os sapatos desta marca – cada série está repleta de episódios em que alguma coisa acontece com os sapatos: ora os assaltantes entendem tanto de moda, que até mesmo reconhecem em suas vítimas, “madames”, o modelo “Blanik”; ora visitas traiçoeiras vão embora da festa levando consigo as novas coleções de Carrie. Após essa propaganda, ficou difícil não se lembrar dessa grife, que se tornou um símbolo no mundo da moda.



14 março 2016, 10:34
comments powered by HyperComments